Do “pós-Lula” ao “anti-povo”

02/06/2010

Serra, o exterminador do futuro, o anti-povo.

O caso do candidato tucano à presidência é bem complicado. Com sua candidatura perdendo força, ele se vê obrigado a mudar de estratégia de campanha. Mas a qual estratégia aderir? A situação de Serra é delicada, ele tem que abandonar o “lulismo” que vinha adotando no seu discurso do “Pós-Lula”, pois essa tática de não atacar o petista não estava surtindo efeito. Porém se começar a atacar o governo mais popular que este país já teve, a candidatura ainda assim não deslancha, pois Lula é quase imaculável para o povo, e um discurso contra ele poderia soar como um discurso “anti-povo”.

Luis Inácio, por sua vez, passa a cada vez mais associar a sua imagem à de Dilma, no claro jogo de fazer com que os eleitores assimilem que Lula é Dilma e Dilma é Lula. O Presidente faz isso sem temer qualquer desgaste à sua imagem. O cara escolheu Rousseff e fará campanha para ela abertamente, com ele mesmo disse essa semana, se for necessário subirá em carro de som pra pedir votos. Disse ainda que ao presidente não é impedido fazer campanha, apenas este tem que respeitar a lei eleitoral.

Dilma, a cada dia mais é conhecida como “a muié do Lula”, as ultimas pesquisas mostram um empate técnico entre a petiste e o tucano, e no PT já se fala em uma pesquisa que mostra ela com 6 % na frente dele. A Serra, resta apenas difamar Rousseff. Já que se falar mal do Presidente do povo será visto como o “Candidato anti-povo”, o que ele realmente é.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: